Tendências do marketing digital e do e-commerce no Brasil

Por Thainá Silva, aluna do 8º período de Jornalismo do UniBH

O famoso marketing digital, que, com certeza, você já ouviu falar, nada mais é do que o conjunto de atividades online feitas pelas marcas ou pessoas. Dentre tais atividades, podemos destacar o uso de redes sociais, lojas virtuais, blogs, canais no YouTube, etc. O e-commerce pode ser explorado em todos os cenários e plataformas do marketing digital, desde que os profissionais saibam utilizá-lo bem, entendendo o que as pessoas gostam de consumir em cada ferramenta, você pode crescer e aumentar, exponencialmente, o seu faturamento com a internet.

No que diz respeito aos números, o marketing digital e o e-commerce cresceram absurdamente no último ano. Para se ter uma ideia, segundo dados apresentados pela Kantar, empresa de pesquisa de mercado, o uso das redes sociais aumentou 40% no Brasil em 2020. A que se deve esse aumento? Com a pandemia da Covid-19, foi necessário que a população se adequasse ao isolamento social, grande parte das empresas aderiram ao home office, confraternizações passaram a ser online e até mesmo aquela ida às compras, ao shopping ou ao supermercado, passou a ser feita de modo virtual.

Contudo, o hábito de compras online já estava se tornando comum no cotidiano da população há alguns anos, mas, com o isolamento social, esse avanço se deu de forma mais acelerada. O faturamento de lojas online cresceu 47% no 1º semestre de 2020, em relação ao mesmo período de 2019. É a maior alta do setor em 20 anos, segundo levantamento da Ebit/Nielsen. O aumento reflete a busca dos consumidores por compras na internet durante a pandemia: 7,3 milhões de brasileiros compraram pela primeira vez no e-commerce neste período.

Para 2021, há tendências irrefutáveis no marketing digital. Tendo em vista que o cenário de isolamento social ainda continua, é necessário que as marcas se adequem ainda mais ao mundo virtual, estando atentas a essas tendências. O marketing digital para 2021 passa por transformações causadas pelos novos hábitos dos consumidores e das empresas com o isolamento social. Dentre elas podemos citar:

  • o aumento da produção de conteúdo interativo: as empresas querem cada vez mais conversar e entender as dores dos seus consumidores;
  • o crescimento do TikTok e da ferramenta Reels do Instagram: vídeos rápidos, dublagens e challenges são a verdadeira tendência para este ano;
  • marcas mais humanas e comprometidas: diante do cenário de pandemia, as marcas e os consumidores perceberam sua fragilidade humana. Por meio da comunicação humanizada, gera-se identificação entre a marca e seus consumidores.

Já o e-commerce, em 2021, continuará crescendo. A dúvidas e os receios anteriores, dos consumidores, em fazer compras online e, por vezes, ser submetido a golpes, foram substituídas pela atenção e pelo cuidado no ato da compra. Por esse motivo, é muito importante que a marca passe credibilidade ao consumidor, seja no perfil em redes sociais ou no site da loja. Porém, como uma empresa de pequeno ou médio porte, que, por vezes, não consegue manter um site de compras como o de uma grande empresa, pode passar essa credibilidade?

Há três formas de enfrentar tal desafio:

1 – Peça feedbacks aos seus clientes, e sempre deixe tais respostas expostas em suas redes sociais. Isso mostra, ao futuro cliente, características chaves e reais de seu produto ou serviço, como ele é útil e que realmente funciona;

2 – Caso você venda um produto, e não um serviço, ele precisa ser anunciado em plataformas de venda online, como Mercado Livre e Shopee. São plataformas que passam confiança para o consumidor, têm formas de pagamentos credíveis, campanhas para vendas e promoções para seus usuários.

3 – Use, sempre, plataformas de pagamento confiáveis, como Picpay e Pix, pelo CNPJ, com nome da empresa. Afinal de contas, passar credibilidade, no ato do pagamento, é muito importante.

Voltando um pouco a fita, antes do ato da compra, como fazer para que meu perfil chegue até esse cliente?

Para isso, separei algumas técnicas do marketing digital:

  • Estabeleça um objetivo para toda ação estratégica:

Claramente, o objetivo de todas marcas é aumentar o número de vendas, mas, antes de produzir qualquer tipo de conteúdo, é necessário entender qual foco sua empresa seguirá para alcançar este objetivo.

Este foco pode ser aumentar o engajamento em redes sociais, o número de seguidores, a procura no chat, o número de cliques no site, e diminuir as avaliações negativas etc.

  • Defina o seu público e conheça as suas ‘’dores’’:

Agora que você já tem um foco em mente, antes de produzir conteúdo, é necessário entender quem é seu público. Para essa definição, é importante saber algumas características, como a idade predominante, o sexo, a localização, o que gosta de consumir na internet, quais os hábitos virtuais, etc.

Esses são questionamentos básicos e, de acordo com seu nicho, você pode estabelecer outras questões a serem respondidas.

Entender a dor desse público é primordial para produzir um conteúdo que realmente faça sentido, respondendo o que eles querem saber sobre determinado assunto. Assim, você produzirá um conteúdo mais assertivo, aumentando as chances do engajamento positivo.

  • Estabeleça uma estratégia para alcançar o seu objetivo:

De acordo com seu foco, com quem é seu público e suas dores, você produzirá conteúdo, usando, sempre, palavras-chave e hashtags. Nas palavras-chave, coloque sempre como as pessoas pesquisarão aquele conteúdo nos mecanismos de busca. Essa é uma técnica de SEO que pode alavancar seu engajamento.

Estabeleça um cronograma de postagens, envolvendo as redes sociais em que sua marca está presente. Independentemente de qual seja a plataforma, use todas as ferramentas que ela proporciona. O ideal é que você faça, pelo menos, um post por dia. Assim, sua marca não ficará esquecida e é maior a tendência de o consumidor lembrar de você quando precisar fechar um negócio.

  • Analise e mensure os resultados

Após ter estabelecido e realizado sua estratégia de marketing digital, mensure os resultados. Busque entender se seu foco e objetivo foram alcançados, ou se não houve ganho com aquela estratégia. A partir dessa análise, você saberá se deve continuar por este caminho ou seguir outro.

Muito cuidado: não tente mensurar todos os dados que as plataformas proporcionam. Quem mensura tudo, na verdade, não mensura nada.

Já que uso, agora, frases de efeito, aí vai mais uma: NÃO existe fórmula mágica para crescer nas redes sociais. O que existem são testes. Afinal, cada público reage, de forma única, a cada ação estratégica.



0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments