Saiba como funciona a redação de um jornal

  • jornalismo
Jornalista acredita que, apesar das mudanças trazidas pelo digital, o que muda com a internet é, apenas, o formato de publicação.

Por Alexandre Santos, estudante do 8º período de jornalismo do UniBH

Para muitos estudantes de jornalismo e futuros comunicólogos, que desejam um dia trabalhar com produção de notícias, conhecer a redação de um jornal é um verdadeiro sonho. Afinal, sempre ouvimos falar sobre as reuniões de pauta, os cafezinhos e a correria para entregar as demandas dentro do prazo. 

A redação de um jornal é lugar onde as informações e dados ganham vida e se tornam notícias que, posteriormente, são consumidas por meio dos mais diversos meios de comunicação. Seja pela televisão, rádio, impresso, em um portal na web ou, até mesmo, pelas redes sociais. 

A comunicação está em constante mudança, principalmente com os últimos avanços tecnológicos e tendências trazidos pelo digital, e por consequência disso, a forma como o jornalista executa seu trabalho vai se transformando e ganhando novas formas e processos.

A jornalista Daniela Franco (28), acredita que, apesar das mudanças trazidas pelo digital, o que muda com a internet é, apenas, o formato de publicação. Dessa forma, o trabalho conserva-se, tendo em vista que, a essência do jornalismo, apurar, checar e buscar formas de se comunicar, permanece a mesma. Na opinião da profissional da comunicação, é muito importante que as universidades preparem os alunos para “enxergar” esses novos formatos.

Em reunião de pauta, jornalistas decidem quais serão as pautas executadas durante o dia na redação.
Foto: Roberto Gardinalli
Po dentro da redação

Todos os dias recebemos uma enxurrada de notícias e reportagens, sobre as mais variadas editorias, mas você já parou para se perguntar qual é o caminho que uma notícia percorre até chegar em você? Diariamente, jornalistas se dedicam a buscar, apurar, checar e transmitir as informações de interesse público para a população. A partir de hoje, vamos começar a emergir nesse ambiente e entender a fundo todos os processos e funções dentro de uma redação.

Primeiro passo do dia: Reunião de Pauta!  

O dia começa com o chefe de reportagem escolhendo a dedo quais serão os assuntos abordados no noticiário do dia. Para isso, o profissional leva em consideração os critérios de noticiabilidade e os últimos acontecimentos da noite.  

Passo dois: Hora de apurar…

A apuração é o processo em que o repórter colhe informações, dados e todo o material necessário para a construção da reportagem, seja ela quente, notícias que devem ser publicadas rapidamente, ou frias, que não possuem, necessariamente, uma um prazo específico para publicação.  Nessa etapa, o jornalista pode sair a campo ou percorrer todo o processo remotamente. 

Passo três: Edição! 

Após a produção do material, o conteúdo é enviado para a edição. Nessa etapa, o editor fica a cargo de revisar a produção, não só gramaticalmente, mas também se o produto é de qualidade e contém todas as informações necessárias. 

Passo quatro: Diagramação. 

O processo se refere à organização dos elementos textuais, imagéticos ou publicitários na página, seja em jornais impressos ou portais na web. Os diagramadores também participam das reuniões diárias de pauta e quando os repórteres estão em campo o profissional planeja as páginas do jornal onde a matéria será publicada. 

Passo cinco: A foto…

Jornalismo também se faz com imagens, por isso, a presença de fotos para ilustrar as reportagens é indispensável. Para a produção, existe a mesma hierarquia que para a produção textual. Ou seja, há presença de pauteiros e editores fotográficos. Mesmo as imagens não utilizadas são arquivadas e, posteriormente, podem ser usadas para outras eventuais pautas. 

Sexto passo: A reunião final! 

Agora, falando especificamente do impresso, para encerrar mais um dia de muito trabalho, os jornalistas, da redação, se reúnem para uma última reunião. Nela será discutida qual será a matéria que ocupará a primeira página do caderno, além das imagens selecionadas para ilustrar os cadernos. Participam os líderes de cada setor.

Cargos e funções

Agora que sabemos quais são os passos na produção dos jornais, vamos descobrir quais são os cargos e funções de cada jornalista envolvido na produção dos noticiários: 

  • Chefe de reportagem: É o jornalista responsável por coordenar todas as equipes de reportagem e pautas envolvidas na produção. 
  • Editor-chefe: O papel desse jornalista é coordenar todos os outros editores da redação, elaborar o cronograma de produção, escrever textos especiais, além de ser o cargo mais alto, seja do jornal, revista ou portal na web. 
  • Editor: São os profissionais responsáveis por checar a qualidade do material produzido e averiguar os dados apresentados. 
  • Editor de arte: Segundo a jornalista Alana Rodrigues, em texto publicado no Portal Imprensa, o conteúdo do jornal não está presente apenas no texto, mas também na composição visual do jornal, revista ou site. Cabe ao editor de arte organizar e definir quais são as fotos, charges e ilustrações que vão ser veiculadas.  
  • Revisor:  São os responsáveis por revisar a ortografia do material produzido. 
  • Repórter: É o jornalista que sai à campo para buscar, apurar e checar as informações e colher dados e conduzir entrevistas. 
  • Redator: Trabalha na produção de textos para sites, jornais e revistas, e até mesmo na TV. Esses profissionais também são responsáveis pela produção dos títulos e conteúdos publicitários. 
  • Diagramador: São os profissionais que encaixam todos os conteúdos, textual, imagético ou publicitário, organizando tudo de forma harmônica na página. 

Gostou do conteúdo? Em breve vamos emergir nas redações jornalísticas do rádio e da TV. Fique atento e conta pra gente, nos comentários, o que achou!

 

 



0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments