Home office e organização: aliados ou inimigos?

Ainda que o trabalho remoto já fosse uma realidade para diversos profissionais, para outros, a adaptação ao regime de forma abrupta pode ser desafiadora.

Por Beatriz Fernandes – 4º período de Jornalismo do UniBH

A opção de trabalho estilo home office não é algo que surgiu com o isolamento social, imposto pela pandemia da Covid-19. Segundo dados do IBGE, de 2018, o aumento do número de trabalhadores que aderiram ao regime foi de 21,1%, atin-gindo 3,8 milhões de brasileiros, seguindo em patamares semelhantes em 2019.

Muitas empresas já adotavam esse método de trabalho, além de existir estudos que comprovem a eficiência dele, quando bem implantado. Professores da Har-vard, por exemplo, avaliaram profissionais nos Estados Unidos que aderiram ao modelo de trabalho em casa e os resultados indicaram um aumento de 4,4% na produtividade após a implementação do home office.

Além disso, uma pesquisa encomendada pela Alelo ao Instituto Ipsos, consta-tou que, entre 2.333 respondentes, 55% têm o regime de trabalho remoto como “trabalho dos sonhos”. A pesquisa foi desenvolvida em 2019, a fim de analisar os hábitos de trabalho de brasileiros de diversos estados.

A designer de interiores Gabriela Fernandes, por exemplo, já trabalhava há três anos e meio no modelo home office. Ela conta que, para sua adaptação ao modelo, desenvolveu mecanismos para otimizar o tempo e o espaço físico, como “deixar a marmitinha pronta e ter um lugar específico com tudo o que necessito perto.”

De opção à obrigação

Entretanto, o cenário atual forçou a adaptação de milhares de trabalhadores, das áreas mais diversas, a esse modelo. A mudança para esse regime, que antes era assegurada pelo artigo 75-C da CLT para que fosse feita de forma consensual en-tre empregador e empregado, agora, com a Medida Provisória N. 927/2020, pode ser feita independentemente da existência de acordos individuais ou coletivos.

Com isso, o que antes era uma opção, se tornou para muitos, a única maneira de manter o exercício da profissão. Dessa maneira, podem surgir desconfortos na rotina adotada de forma abrupta. Um deles pode ser a relação que o empregado precisa desenvolver com o seu novo espaço de trabalho. Isso porque, para muitos, suas casas representavam o tempo livre.

Desenvolver um ambiente que o direcione à sensação de se estar em um am-biente de trabalho dentro dessa nova realidade, pode ser desafiador. Em enquete, 10 dos 15 respondentes disseram não ter experiência com o home office antes do isolamento social. Deles, a metade concorda que a organização do espaço físico pode ser um dos principais desafios. Ao marcarem em uma escala de 1 a 5, em que 1 não vê a organização do espaço físico como desafiadora, e 5 a vê como muito desafiadora, o índice mais marcado foi 4.

Até mesmo para quem já estava habituado ao home office, o atual cenário se torna peculiar. Gabriela Fernandes contou que, com o isolamento, a produtividade oscila, porque além da casa ser o trabalho, ela também se tornou o lazer. “Aí, aca-bo não relaxando a mente e querendo estar produtiva o tempo todo”, confessa a designer de interiores.Uma pesquisa recente, realizada pelo jornal Nexo, mostra como essa adaptação foi algo geral no mês de abril e início de maio de 2020. Ela mostra que objetos como cadeira de escritório e aspirador fazem parte dos itens que mais aumenta-ram em procura por compra na internet. Ambos, desde abril até maio, passaram de -50% em procura para mais de 50%.

Organize-se

A personal organizer Cristina Dumont, que trabalha com serviço, cursos e pro-dutos de organização, diz que no primeiro momento da pandemia a procura pelo seu serviço diminuiu, mas que atualmente as pessoas voltaram a procurá-la. Ela defende que,

“no caso do home office, a importância e o impacto da orga-nização ficou ainda mais evidente. Afinal, as pessoas trabalhando dentro de casa têm que pensar que a vida pessoal e a vida profissional têm que ser conciliadas dentro de um mesmo espaço”.

Como dicas práticas para esse processo de adaptação, ela aconselha que se separe um ambiente específico da casa, que será destinado exclusivamente para o trabalho, concentrando ali tudo o que você precisa para seu expediente. Além disso, por mais que você não esteja literalmente saindo de casa para trabalhar, é importante que se estabeleça uma rotina que te dê a sensação de que você está se preparando para o momento de trabalho. Para mais dicas, confira a conversa na íntegra.

 



0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments