Club House: Conheça a rede social do momento

Disponível apenas para usuários do sistema IOS, nova rede social chama atenção pela exclusividade. 

Por Alexandre Santos, aluno do 7º período deJornalismo

Vivemos na era digital, em que as interações e relações que estabelecemos no âmbito virtual são tão importantes quanto as que firmamos presencialmente. O comércio, a comunicação, as discussões sociais, os debates e movimentos políticos se reinventam e se remodelam constantemente para se adequar à realidade, quase paralela, das mídias sociais. 

Desde a popularização do Orkut, em meados de 2004, passando pelo Facebook, Twitter e, finalmente, o Instagram, fomos apresentados às redes sociais e, com o tempo, aprendemos a lidar com plataformas de interação. Entendemos, também, em que medida os assuntos e temas abordados nesses ambientes influenciam o nosso cotidiano.

A nova febre

Lançado em abril de 2020, o Club House, nova rede social do momento, permite que o usuário participe de salas virtuais de conversa. Tá, mas qual a novidade? No Club House, o bate-papo acontece apenas por meio de áudio. Quando autorizado, o usuário pode abrir seu microfone e participar da discussão, que acontece em tempo real, sobre os mais variados temas, como política, esporte, religião, música, teatro, televisão ou seja qual for o tema de interesse. 

Apesar de estar quase completando um ano desde o lançamento, a plataforma ainda não está disponível para todo mundo. Atualmente, só é possível acessar o aplicativo por meio de um convite enviado por algum membro ativo do Club House. Em janeiro de 2021, a empresa anunciou que está trabalhando em uma versão do aplicativo para o sistema Android, mas até que essa nova versão esteja disponível para download, a rede permanece exclusiva para usuários do IOS.  

Timeline do Club House com as salas em andamento abertas
Foto: Reprodução Rede Social
Como o Club House funciona?

A nova rede social ainda está em período de teste. Por essa razão, para acessar o aplicativo é necessário um convite, enviado por alguém que já é membro do Club House. Cada pessoa, ao criar o perfil na plataforma, é premiado com dois convites, que podem ser enviados por e-mail ou SMS. Também é possível se cadastrar em uma lista de espera, até que outro usuário “puxe” o candidato para dentro da rede. 

Ao entrar no aplicativo, é possível visualizar as salas que estão abertas no momento. Dentro do chat, que suporta até cinco mil participantes, o usuário permanece como ouvinte e, caso queira abrir o microfone para falar, basta solicitar a autorização ao host da sala, que administra o fluxo do bate-papo. 

Também é possível agendar previamente um evento dentro da plataforma. Nesse caso, ao criar a sala, basta inserir data e hora, além de nomear o evento. 

Um novo meio de interação

O Club House tem se mostrado muito eficiente em seu papel de aproximar o público às marcas, aos produtores de conteúdo e também aos empreendedores digitais, visto que estes têm a oportunidade de conversar diretamente com seu público e criar uma relação de proximidade com o consumidor final de seus produtos. 

Podemos destacar a iniciativa da CNN Brasil, canal de notícias 24 horas, que passou a transmitir, diariamente, a reunião de pauta de um de seus principais telejornais na plataforma, abrindo a possibilidade do público não só ouvir, mas também sugerir pautas, que posteriormente podem ou não ser executadas pela equipe de jornalismo do canal. 

Assim, o Club House se mostra como uma excelente ferramenta para microempreendedores falarem sobre os serviços que prestam, e como diria o ditado popular, “vender seu peixe”. E essa é a principal característica, a se destacar, na rede social: a quebra de barreiras entre o emissor e o receptor da informação.

 

 



5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments