CACAUcast: conversa com o jornalista João Felipe Lolli, sobre a cobertura em Brumadinho

Por Douglas Alexandre, Micheal Charlles e Paulo Henrique Pereira, alunos do 8º período de Jornalismo do UniBH

O rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, em janeiro de 2019, é considerado o maior acidente de trabalho no número de vidas perdidas – 270 no total – e também um dos maiores desastres ambientais do nosso país. Como o evento foi de grande impacto em nosso estado, exigiu-se um enorme desafio para os jornalistas, que permaneceram na cidade por dias.

Como é cobrir um fato que exige o máximo de empatia, em um momento de tragédia, mas também realizar o seu trabalho de jornalista, informando o público? Quem vai responder essas dúvidas é o repórter da Rádio Itatiaia, João Felipe Lolli, que esteve presente em Brumadinho e conversou com os estudantes de jornalismo Douglas Alexandre, Micheal Charlles e Paulo Henrique Pereira nesse episódio do CACAUCast.

 



0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments